COOPERATIVISMO | ORIGEM
Quinta-Feira, 10 de Janeiro de 2019, 16h:13
Suas Origens, Símbolos e Princípios
O cooperativismo moderno, com base no modelo Rochdaleano, tem origem no ano de 1844.
Sua atual organização em âmbito mundial foi criada em agosto 1895, quando foi Realizado o I Congresso Internacional de Cooperativismo, em Londres, ocasião em que foi fundada a Aliança Cooperativa Internacional - ACI, como órgão de representação do cooperativismo no mundo, com sede em Genebra (Suíça).
 
Para dar maior visibilidade às cooperativas, o Comitê Executivo da ACI, em reunião realizada na cidade de Essen, na Alemanha, em outubro de 1922, instituiu como o dia Internacional do Cooperativismo no primeiro sábado do mês de julho. Assim sendo, o primeiro Dia Internacional do Cooperativismo foi celebrado em julho de 1923.
 
A Organização das Nações Unidas – ONU, consciente da importância do cooperativismo no desenvolvimento econômico e social dos povos, decidiu, em 1994, instituir, igualmente, o Dia Internacional do Cooperativismo das Nações UJnidas, no mesmo dia em que é celebrado pela Aliança Cooperativa Internacional.
 
Tem como símbolo internacional do cooperativismo a Bandeira com as sete cores do arco-íris. Mas, segundo Américo Utumi, atual representante da ACI no Brasil, ex-presidente da OCESP e ex-vice-presidente da OCB, “infelizmente a ACI não fez o registro da bandeira nos órgãos competentes, motivo pelo qual outros grupos passaram a adotá-la como símbolo do seu movimento. Isso gerou muita confusão, de tal forma que o Conselho de Administração da ACI, reunido em Roma, Itália, no mês de abril de 2001, deliberou alterar a bandeira anterior, de 7 listas com as cores do arco-íris para o atual símbolo com a mesma bandeira da qual saem pombos representando a paz.”
 
ACI COOP
 
 
 
 
 
 
 
 
Valores de autenticidade que orientam o cooperativismo brasileiro:
• Solidariedade
• Democracia
• Liberdade
• Equidade
 
Definição de uma cooperativa e seus princípios pela ACI:
“Uma associação autônoma de pessoas que se unem voluntariamente para satisfazer suas necessidades comuns, através de uma empresa de negócios da qual possuem a propriedade em conjunto e a controlam democraticamente, pelos seguintes princípios:
 
1) adesão voluntária e livre;
2) gestão democrática pelos membros;
3) participação econômica dos membros;
4) autonomia e independência;
5) educação, formação e informação;
6) intercooperação;
7) interesse pela comunidade”. 
  
ACI América, cujo primeiro presidente foi o Dr. Roberto Rodrigues, é uma entidade distinta da OCA - Organização das Cooperativas da América. A OCA, como entidade de representação do cooperativismo latino-americano, com sede na cidade de Bogotá (Colômbia), foi fundada no ano de 1963, em Montevidéu – Uruguai. 
Adotou como símbolo, os dois pinheirinhos. “Tanto isso é verdade que o símbolo da OCA é um círculo no qual no centro estão dois pinheiros tendo ao fundo o mapa do continente americano. Por esta razão é que este símbolo somente é conhecido na América Latina, sendo totalmente desconhecido no resto do mundo.”, assim se manifestou Américo Utumi.
Com a ascensão da ACI América, os membros da OCA deliberaram por encerrar a entidade.
Mais informações sobre a ACI, consulte o menu “Cooperativismo – Cooperativismo no mundo”.
 
ORIGEM DO DIA INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO
 
Uma das questões mais formuladas com vistas à história do cooperativismo diz respeito às origens e o significado do DIA INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO.
 
Depois do Congresso da Aliança Cooperativa Internacional, que teve lugar em Basiléia, na Suíça, em 1921 e que foi o primeiro Congresso realizado após oito anos de interrupção causada pela Primeira Guerra Mundial, o movimento cooperativo deparou com novos desafios na Europa, e o Comitê Executivo decidiu que a ACI deveria devotar maior atenção no sentido de divulgar o cooperativismo. O número de associados havia crescido, dramaticamente e, portanto, a idéia era encontrar um ponto em comum que desse uma identidade aos movimentos espalhados do Japão ao Canadá.
 
O mapa político, e mais especificamente, o mapa político da Europa, havia mudado com tamanha intensidade, que se tornou urgente encontrar um denominador comum para todas as diferentes tradições cooperativistas. Ao mesmo tempo, as cooperativas estabelecidas sofriam ataques dos partidos fascista e comunista, ambos reivindicando os “direitos de propriedade” sobre a doutrina cooperativa.
 
Naqueles tempos tormentosos, o Presidente da ACI, G. J. Goedhardt procurou detectar as causas que estariam impedindo o desenvolvimento do movimento cooperativo. Ele constatou três causas: 1) falta de informações entre o público em geral; 2) falta de conhecimento entre os membros e, finalmente, 3) falta de compromisso ideológico entre os administradores.
 
Para dar maior visibilidade às cooperativas, o Comitê Executivo da ACI, em reunião realizada na cidade de Essen, na Alemanha, em outubro de 1922, decidiu instituir o Dia Internacional do Cooperativismo, a ser comemorado em todo o mundo, no primeiro sábado de julho. A escolha da data foi, realmente, arbitrária; entretanto, como a maioria dos membros do Comitê era da Europa, achou-se que o mês de julho era o melhor para sua divulgação nos outdoors, por ser verão, e haveria mais pessoas nas ruas.
 
Assim sendo, o primeiro Dia Internacional do Cooperativismo foi celebrado em julho de 1923. E, por ocasião de sua passagem, anualmente, a ACI envia uma mensagem às cooperativas de todo o mundo, inserindo um tema no qual o movimento teve expressiva participação, tais como, solidariedade internacional, igualdade, preocupação com a comunidade e com a paz, etc, e que é lida nos eventos realizados pelas cooperativas, nesta data.
 
A Organização das Nações Unidas – ONU, consciente da importância do cooperativismo no desenvolvimento econômico e social dos povos, decidiu, em 1994, instituir, igualmente, o Dia Internacional do Cooperativismo das Nações Unidas, no mesmo dia em que é celebrado pela Aliança Cooperativa Internacional.
 
 
Texto enviado por Américo Utumi, representante da ACI no Brasil – Nov/2009.
_____________________________________________________________________
Pesquisa e texto produzido por Adair Mazzotti, colaboração de Américo Utumi – fontes consultadas: documentos do Sistema OCB)



OCB/MT - Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Mato Grosso
SESCOOP/MT - Serviço Nacional de Aprendizagem de Cooperativismo de Mato Grosso
I.COOP - Faculdade do Cooperativismo





Logo

Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet